quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Os Piores Aditivos

Todo mundo sabe que para que as comidas tenham vida longa nas prateleiras dos supermercados elas precisam de aditivos e conservantes. E todo mundo sabe também que é quase impossível fugirmos deles, porém devemos evitar alguns a qualquer custo.
Eis a lista dos 15 piores aditivos, suas consequências para nossa saúde e onde os encontramos com mais frequência:




Item / ingrediente
Finalidade
Possíveis efeitos na saúde
“Comidas” que contém 
Gordura Hidrogenada


(gordura trans)
Prover vida longa na prateleira e aguentar altas temperaturas (óleo feito pelo homem - não encontrado na natureza)
Associado ao câncer, esclerose múltipla, doenças cardiovasculares, diabetes, diverticulite e outras doenças degenerativas
Maioria das comidas em caixa e comidas processadas
MSG (Glutamato Monossódico) 


E621
Realçador de sabor
Associado à doenças respiratórias, problemas gastrointestinais, cardiovasculares, circulatórios, musculares, visuais e urológicas
Sopas, alguns crackers, pães, atum enlatado, molhos para salada, carnes processadas, sorvetes, frozen yogurt e a maioria das comidas prontas congeladas.
Aspartame - E951
Adoçante não calórico
Dores de cabeça / enxaquecas, tonturas, convulsões, náusea, dormência, espasmos musculares, ganho de peso, erupções cutâneas, depressão, fadiga, irritabilidade, insônia, problemas de visão, perda auditiva, palpitações, dificuldades respiratórias, ataques de ansiedade, fala arrastada, perda de paladar, zumbido, vertigem, perda de memória e dores nas articulações
Adoçantes como o Nutrasweet e Equal, que são usados em refrigerantes, sucos e refrescos em pó, chicletes, confeitos, gelatinas, sobremesas pré-preparadas ( em pó), pudins e recheios, sobremesas congeladas, iogurtes, adoçantes de mesa, presente na maioria dos produtos “light” ou “zero açúcar” e alguns produtos farmacêuticos como suplementos vitamínicos e xaropes “zero açúcar” 
Proteína vegetal Hidrolisada 

Realçador de sabor (como o MSG
Mesmo que o MSG
Produtos que contém frango, porco e vegetais, molhos, ensopados, carne processadas e salsichas (hot dog)
BHA (hidroxianisole butilado) e BHT (hidroxitolueno butilado)
E320 E321
Evita a rancificação de óleos e a oxidação além de proteger o odor, a cor e o sabor do produto alimentício
Aumenta o risco de câncer, se acumula no tecido corporal causando aumento do fígado. Retarda a taxa de síntese do DNA  e de desenvolvimento celular
Manteiga, carnes, cereais, chicletes, produtos assados, snacks, batatas desidratadas e cerveja
Acesulfame de potássio - E950
Adoçante não calórico
Tumores no pulmão, tumores nas mamas, tipos raros de tumor em outros órgãos (como na glândula tireoide), várias formas de leucemia e doenças crônicas respiratórias
Chicletes, pó para preparo de bebidas, cafés e chás instantâneos, gelatinas, balas, pudins e bebidas alcoólicas
Xarope de milho de alta frutose (Xarope de milho, glucose de milho, xarope de frutose, isoglucose) - HFCS
Adoçante artificial extraído do milho
É riquíssimo em mercúrio e está associado ao desenvolvimento de diabetes tipo 2, compulsão alimentar, enxaqueca, doenças neurodegenerativas, obesidade infantil, síndrome metabólica e esteatose hepática (gordura no fígado)
Pães, biscoitos, refrigerantes, balas, cereais, caramelos, ketchup, sucos de caixinha, bolos e iogurtes, cobertura de sorvetes
Nitrito/nitrato de sódio
E250/E251
Preserva a cor e inibe o botulismo
Câncer de cólon, mama, próstata e pâncreas
Usado em carnes processadas como salames, salsichas, peperoni, mortadelas, presuntos, bacon e carnes enlatadas
Galato de Propila - E310
Aditivo que previne os óleos de gorduras de ficarem rançosas, oxidar, mudar de cor, espessura ou textura. Também assegura que os ingredientes ficarão “unidos” 
Irritação estomacal, irritação na pele, reações alérgicas que podem restringir a respiração. Também pode causar ultra sensibilidade da pele. Pessoas que têm asma, alergia a aspirina ou problemas de fígado ou rins devem evitar o galato de propila a todo custo
Óleos vegetais, maionese, carnes, sopas, leite em pó, especiarias, doces, salgadinhos de pacote, vitaminas, chicletes, rações de animais domésticos, perfumes, sabonetes, cremes hidratantes, batons e outros produtos de maquiagem, produtos de tratamento capilar, de banho, protetor solar e pastas de dentes.
Benzoato de sódio - E221
Conservante que previne a deterioração e a mudança de cores e sabores. Impede o crescimento de fungos e leveduras
É um conhecido cancerígeno e desempenha papel em uma variedade de doenças devido a sua capacidade de danificar o DNA
Conservantes, molhos de saladas (vinagres), refrigerantes e bebidas gaseificadas (ácido carbônico) geleias (ácido cítrico), sucos, picles e molhos de comida chinesa, enxaguantes bucais alcoólicos. Também é naturalmente encontrado em cranberries, ameixas secas e frescas, canela, cravos e maçãs.
Corantes Artificiais
Um subproduto do petróleo que altera a cor dos alimentos fazendo com eles fiquem mais atraentes
Câncer, Deficit de atenção, hiperatividade, erupções cutâneas, asma, tumores
Inúmeros produtos alimentícios, de doces, salsichas e refrigerantes até cereais matinais 
Maltodextrina
É um polímero de glicose usado para dar textura de açúcar em produtos Zero
Ligada ao aumento da obesidade. Dá um pico de insulina no sangue 
Adoçantes de forno e fogão, suplemento pós-treino, produtos diet em geral
Outros adoçantes artificiais como Glicerol, HSH, isomalte, lactitol, maltitol, polidextrose, sacarina, sorbitol, Sucralose.

adoçantes artificiais mudam a enorme colônia de bactérias benignas existentes em nosso intestino para bactérias nocivas que aumentam o risco de diabetes e obesidade.
iogurtes light, águas saborizadas sucos, chicletes, refrigerantes diet, salgadinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário !
espero que tenha gostado do que leu!

Os Piores Aditivos

Todo mundo sabe que para que as comidas tenham vida longa nas prateleiras dos supermercados elas precisam de aditivos e conservantes. E to...